quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Cerâmica Marajoara :projeto fundamental I






Arte e tradição
Objetivos
Conhecer diversos artistas populares que criam obras que representem as características  ,os hábitos e as tradições locais e regionais, conhecer técnicas para com o trabalho em argila, elaborar uma escultura
Introdução
O uso com a cerâmica marajoara é um excelente recurso para trabalhar a cultura de um povo, mas é muito importante conhecer bem as técnicas que deverão ser orientadas aos alunos, também é uma fonte que permite o aluno a desenvolver sua criatividade e relações com sua cultura e o mundo.
Publico alvo: alunos do 7º ano do fundamental II
Duração: 4 aulas 50 minutos cada .
Materiais necessários
·         Vídeo sobre a vida e obra de mestre Vitalino
·         Xerox colorido  das obras de mestre Vitalino ,de Manuel Eudocío Rogues ,como fonte de  inspiração
·         Argila de diferentes cores
·         Tinta PVA colorida e tinta de tecido
·         Jornal
·         Rolo de madeira
·         Palito de sorvete
·         Palito de churrasco
·         Cola branca ou verniz
·         Pincel
* Cera incolor
1ª Etapa
 Conversar com os alunos sobre como a arte e a cultura se relacionam, levando o educando a perceber seus costumes e a relação com a arte por meio das obras, musica e tradição.
Ler o texto que faz um breve relato sobre a arte de mestre Vitalino.
Texto
Mestre Vitalino é um dos mais reconhecidos artistas populares do Brasil. Nascido aos arredores de Caruaru  ,em Pernambuco inspirou diversos outros artistas com suas obras que retratavam o cotidiano dos homens e das mulheres do sertão.
Vitalino Pereira dos Santos era filho de lavradores. Desde cedo, ele demonstrou seu talento para a arte escultórica. Ainda criança, produziu suas primeiras peças com sobras de barro, matéria prima utilizada por sua mãe para confeccionar utensílios domésticos que vendia na feira de Caruaru. A obra de mestre Vitalino manteve-se desconhecida até 1947, quando um artista plástico Augusto Rodrigues (1913-1993) o convidou para apresentar suas obras em uma exposição de arte popular no Rio de Janeiro (RJ).Desde esse evento, o artista tornou –se conhecido embora não tenha enriquecido com sua arte.
Atualmente, o imóvel onde viveu tornou-se uma instituição que reúne obras e objetos de uso pessoal do artista onde a população e os visitantes podem apreciar.
A família de Mestre Vitalino até hoje segue seus passos dando continuidade a seu trabalho como uma tradição de família.
2ª Etapa
Assistir o vídeo que conta a história de mestre Vitalino e em seguida fazer uma reflexão, sobre a forma como a cultura é passada de geração em geração. A valorização do artista no Brasil e sua importância para cultura.
3ª e 4ª Etapa
Mão na massa.
Inspirado pelas obras reproduzidas por mestre Vitalino ,iremos executar uma oficina de produção de cerâmica.
Procedimentos
1-Forrem com jornal as mesas em que irão trabalhar
2- Sovem a argila para eliminar os gases contidos em seu interior.
3- Com o rolo de madeira, abram a massa de argila as bolhas de ar que possam aparecer.
4- Peguem uma quantidade de argila sovada que caiba na mão e conforme a instrução do professor vá  dando formas .
5- Com o palito faça marcas, furos ou textura na peça de acordo com o que deseja representar.
6- Deixe secar a sombra por pelo menos três dias
7-Em seguida aplique uma demão de cola branca  sobre a peça e aguarde secar
8-Pinte a peça de acordo com sua preferencia deixe secar  por mais um dia e envernize .
Avaliação
Observar o envolvimento dos alunos, o capricho ,suas reflexão e interação no decorrer das aulas.